O enfrentamento às condições crônicas sob a ótica do Estoicismo

Work thumb

Views: 12

  • Title: O enfrentamento às condições crônicas sob a ótica do Estoicismo: Lições de Sêneca e Epicteto
  • Author(s): Gerson Luis Schwab, Tetu Moysés, Sottile França, Iani Werneck, Jorge Moysés
  • Publisher: Common Ground Research Networks
  • Collection: Common Ground Español
  • Series: Salud, Bienestar y Sociedad
  • Journal Title: Revista Internacional de Humanidades Medicas
  • Keywords: Antropologia filosófica, Saúde Coletiva, Condições crônicas
  • Volume: 3
  • Issue: 2
  • Year: 2014
  • ISSN: 2254-5859 (Print)
  • DOI: https://doi.org/10.18848/2254-5859/CGP/v03i02/23-35
  • Citation: Schwab, Gerson Luis, Tetu Moysés, Sottile França, Iani Werneck, and Jorge Moysés. 2014. "O enfrentamento às condições crônicas sob a ótica do Estoicismo: Lições de Sêneca e Epicteto." Revista Internacional de Humanidades Medicas 3 (2): 23-35. doi:10.18848/2254-5859/CGP/v03i02/23-35.
  • Extent: 13 pages

Abstract

Esta pesquisa tem um enfoque teórico, baseada no princípio estóico de que felicidade e realização pessoal são consequências naturais de atitudes corretas. É possível alterar a vontade para se adequar ao mundo e viver doente e feliz, em perigo e ainda assim feliz, afirmando um desejo individual completamente autônomo e que é rigidamente determinista. Foi realizada uma revisão crítica sistemática de três importantes obras da Escola Estóica, selecionando-se alguns textos por análise do discurso. Buscou-se com isso uma contribuição para a Saúde Coletiva, direcionada para o manejo das condições crônicas, a epidemia silenciosa do século XXI. Como resultados são apresentados alguns princípios convergentes com a noção de autocuidado em condições crônicas, focada principalmente na autonomia do indivíduo para o manejo de sua saúde. Propõe-se a aplicação desses princípios ao plano de tratamento de usuários inscritos em programas de condições crônicas, sejam eles portadores de doenças ou condições especias de saúde, tais como adolescência, incapacidades, gravidez, etc. Disso poderiam beneficiar-se indivíduos, sistemas de saúde e a sociedade como um todo.