Nos bastidores da fé

Miniportada salud

Views: 169

Abstract

A religião, e não um credo em particular, vem sendo identificada como uma das variáveis importantes da compreensão da manutenção e qualidade da conjugalidade, mas, não identificou-se estudos realizados com a população evangélica, que cresce a cada ano, no Brasil. Em vista do exposto, o objetivo da presente pesquisa foi investigar a interface entre os preceitos religiosos e a dinâmica conjugal entre os evangélicos brasileiros. Tratou-se de um trabalho quali-quanti realizado por meio de questionários com uma amostra de 35 participantes, 16 homens e 19 mulheres, com idade média de 36,80 anos e que se declararam evangélicos no ato da pesquisa. Os resultados obtidos evidenciaram que afiliação religiosa é um elemento regulador da relação conjugal, havendo diferenças em relação ao gênero, sendo a busca de ajuda pela via religiosa mais presente em homens e a busca de apoio da comunidade religiosa mais comum entre as mulheres.